Luanda novamente a cidade mais cara do mundo para trabalhadores estrangeiros


Luanda regressou ao primeiro lugar da lista das cidades mais caras do mundo para trabalhadores estrangeiros, invertendo a ordem com Hong Kong, que na edição de 2016 do `Inquérito sobre o Custo de Vida`, da consultora Mercer, ocupava o pódio.

Depois de Luanda e de Hong Kong, surgem Tóquio (Japão), Zurique (Suíça) e Singapura.

A empresa de consultoria revela ainda no relatório que Luanda retomou o primeiro lugar da lista das cidades mais caras do mundo, «não obstante o kwanza se ter desvalorizado face ao dólar».

O inquérito da Mercer analisa dados de 209 cidades em todo o mundo e leva em conta o preço de mais de 200 produtos e serviços, nomeadamente alojamento, comida, vestuário, transportes, lazer ou telecomunicações. 

Share on Google Plus

About BwedSons

1CLICK PLAY